Castidade masculina – porque sim?

 (foto ilustrativa)

Em quais níveis a castidade masculina é tão prazerosa para os homens (sim, é!) e porque disso? 

Fatos sobre a castidade, a libido, o orgasmo masculino entre outros comportamentos que venho observando. E conversas com meus subs e com amigas, me levaram a uma pesquisa detalhada e a formação de uma opinião pessoal sobre o assunto. Claro que existem muito mais a respeito e também opiniões diferentes. Eu quero “ouvir” os comentários depois! Enjoy it!

A LIBIDO

A libido masculina e feminina parecem trabalhar um pouco diferentes, a nível biológico. A libido masculina tende a ser construída gradativamente ao longo do tempo por conta própria, mesmo na ausência completa de estímulos sexuais, quanto mais tempo ele fica sem ejaculação (orgasmo), eventualmente chegará em um “pico”, um ponto que parece variar de acordo com a idade e a saúde em geral – a genética e os níveis de testosterona provavelmente contam.

MASTURBAÇÃO 

O que a maioria dos caras fazem quando começa a sentir aquela vontade? Bem, a maioria parte para a masturbação. Fato descoberto muito antes de se tornarem sexualmente ativos. 

ORGASMO

Então – o orgasmo masculino faz liberar uma agradável e gostosa mistura de ocitocina e dopamina (o “hormônio de ligação” e “hormônio do prazer” em geral, respectivamente), e bummmm! Mas… em algum lugar ao longo do caminho, tadinhos (só que não, rs); eis que a natureza do homem seleciona pra eles um freio, dessa adorável sensação orgásmica, através de um hormônio chamado prolactina. 

ENTENDENDO OS HORMÔNIOS 

A prolactina é despejada pelo cérebro logo após o orgasmo masculino, e suprime diretamente a ocitocina e a dopamina. Esta é a principal razão pela qual o orgasmo peniano típico dura apenas cerca de dez segundos (se tiverem sorte), e é também a origem do período refratário do sexo masculino.

PROLACTINA: A VILÃ

Então, qual é o problema? O grande problema é que a prolactina leva mais tempo para ser reabsorvida pelo organismo do que a dopamina e ocitocina. E suprime esses dois hormônios. Então o cara acaba num estado onde ele tem muita prolactina, resultando em uma dose persistentemente baixa dopamina e oxitocina, que o faz sentir-se uma porcaria.

O que eles fazem uma situação como esta? Bem, a maioria dos caras, provavelmente, fazem a mesma coisa que os fez sentir bem da última vez – masturbação ! E começam uma outra busca do mix de dopamina e oxitocina – mas o seu cérebro também despeja mais prolactina em seu sistema. Aí lá vão novamente… Várias vezes num ciclo, tentando parar de se sentir um lixo e cada vez, apenas aumenta o problema. Eles literalmente se tornam um viciado em drogas, e o negociante é o seu próprio cérebro. 

CASTIDADE 

O que a castidade masculina faz (com ou sem um dispositivo) é jogar uma chave de macaco nesse ciclo vicioso. Dando uma pausa longa o suficiente do orgasmo, o cérebro, eventualmente, reabsorve toda essa prolactina, permitindo que os níveis de dopamina e oxitocina voltem ao normal. Isso é bom – tão bom, na verdade, que a maioria dos homens que tentam a castidade longo prazo acabam declarando eles preferem essa experiência, ao invés de alguns breves momentos fugazes. 

Eles ainda podem ter relações sexuais, orgasmos consentidos com x frequência, limitado por sua parceira, que irá controlar o número de vezes que ele poderá chegar ao orgasmo e de qual forma irá acontecer. E o melhor, oque ele terá de fazer pra merecer. 

Isto pode ser muito vantajoso para as mulheres, que normalmente têm o problema oposto: não recebem orgasmos suficientes. A castidade masculina parece resolver esses dois problemas. É como entrar num jogo de excitação e controle, muito prazeroso para ambos os lados, se bem conduzido. Legal né? 

Eu particularmente adoro a castidade, como já disse em outro post, sempre me deu muito prazer deixá-los sob a negação e sofrendo, e decidir quando e como terão algum tipo de prazer ou….. nenhum ! Essa para mim é a maior entrega de um escravo! Mesmo sendo a castidade controlada isoladamente de outras práticas, ou somadas a práticas de cuckold, Sissys ou outras. Não importa, vamos deixar os fetiches e a imaginação fluir!

Mas só funciona se você for honesto e não se enganar. Se você está se sentindo tentado, precisa dizer a sua keyholder, assim ela poderá ajudá-lo a encontrar maneiras, de passar pela parte mais difícil (que é o pico descrito anteriormente). 

Precisa ser honesto consigo mesmo e muito!  

Parafraseando, mas de minha autoria:

“O verdadeiro significado de estar sendo dominado por uma mulher inteligente e poderosa é, que você será capaz de explorar com muita profundidade os sentimentos que o acompanham.”

Acredito ser esse o conceito para o início de qualquer contato em qualquer que seja o fetiche…. 

Enfim, só posso ser honesta também: 

Acredite em mim, isso vai ser difícil. A castidade controlada será uma das coisas mais difíceis que você já fez, na verdade – você está tentando quebrar um caminho de recompensa que tem sido continuamente reforçado, quase todos os dias de sua vida desde a puberdade. 

Pergunte-se é isso que eu desejo? Então vá em frente e descubra os seus limites!
Algumas das fontes de pesquisa:

http://www.abril.com.br/noticia/comportamento/orgasmo-dura-10-segundo-media-391165.shtml

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ejaculação

http://www.vilamulher.com.br/sexo/hormonios-e-prazer-26998.html

3 pensamentos sobre “Castidade masculina – porque sim?

  1. Ótimo post! Esse é um tema que mexe muito comigo e estou sempre lendo e vendo coisas à respeito. Só quem já viveu a castidade sabe o prazer e o paradoxo de estar preso mas ao mesmo tempo livre de seus impulsos e desejos

    Curtir

  2. Parabéns, Rainha! Esse tema é meu preferido. Realmente, esse prazer é real, e ser controlado assim pela dominadora é como sofrer de uma angústia sem alívio dentro de um paraíso. A senhora é uma Deusa!! Squal

    Curtir

  3. Olá ótimo texto. Estamos começando pra valer após alguns testes. Minha esposa está adorando e eu tb mas machucando um pouco. Estou no quinto dia trancado. O maior problema é encontrar alternativas para ela obter orgasmos. Não queremos cockold.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s